e-Proinfo Projeto Tecnológico

Nome dos alunos: Maria da Conceição Felizardo e Aline dos Santos Pires
Atividade nº: 1.1
Unidade nº: 1
Professor (a): Cristina Defensor Macedo

Mesmo sabendo da responsabilidade em falarmos como funciona uma sala de estudos na unidade escolar a qual trabalhamos, sentimo-nos à vontade para tal assunto, pois temos certa intimidade nesse tema uma vez que convivemos com essa realidade.        A Escola Estadual “Professor Antônio Marques”, possui três laboratórios em informática, o primeiro deles criado desde 1998 através do PROINFO. Sempre foi utilizado com professores capacitados, ministrados apenas nos 5º e 6º anos do ensino fundamental, com projeto em auxiliar professores na área de ciências já que compartilhava a mesma disciplina com outro professor da mesma turma. Havia outro também em funcionamento com projetos de repasses dos cursos do FIT.

Porém por questões administrativas da SEE/MG foram desativados. Agora, temos apenas um laboratório que ainda continua com cursos.
As aulas são ministradas em contra turno aos alunos do ensino médio com professor específico nesse conteúdo. Pois bem, além do sistema operacional e introdutório, os alunos usam as máquinas para desenvolver projetos educacionais. A cada unidade estudada tem que apresentarem conteúdos desenvolvidos e pesquisados pelos mesmos. De uma forma democrática, porém disciplinar escolherem alguns temas para trabalhar e desenvolver tal habilidade. Exemplificando algumas atividades: construção de slides temas pertinentes a cidadania, bullying, a cidade onde mora com contexto geográfico, histórico e político, drogas e tantos outros temas. Na atividade Home Page, construção do site da própria escola. Ainda há um projeto interdisciplinar onde o professor regente em trabalho em determinado conteúdo sugere que o aluno use as ferramentas da informática e provoquem que materializem a matéria estudada. Exemplificando, houve um trabalho de campo com determinada turma com os ensinamentos adquiridos, criaram um blog, postaram experiências vividas desse conteúdo. Onde outros alunos participam postando comentários e os professores regentes também têm acesso aos blogs para fazer a avaliação da turma

Estamos reaprendendo a planejar, criar, envolver a aluno no processo educacional de forma agradável. E é obvio que o comportamento dos nossos adolescentes e jovens vem se transformando, a sociedade também cobra dos meios educacionais e dos professores novas formas de pensar, planejar e estruturar a transmissão de conhecimentos. Por isso, o educador está sendo “forçado” a mudar,
quebrando certas posturas conservadoras que ainda utilizam somente o tradicional “pó de giz”, livros didáticos e cadernos de anotações.
Sabemos que é uma tarefa que estamos apenas iniciando ainda há muito a caminhar e aprender, nessa nova metodologia, os professores da Escola Estadual “Professor Antônio Marques”, tem reunido várias horas para acertar seus planejamentos. O uso das novas tecnologias aplicadas à educação é um recurso metodológico que requer muita estratégia, controle e domínio de sala e conteúdo. Por exemplo, essa turma retorna à escola em contra turno, chegando ao laboratório e há um problema no sistema operacional ou até mesmo um fenômeno da natureza que o impedirá de usar as máquinas, como agir frente a tais situações? Há um acordo entre professores e alunos no inicio do curso sobre prováveis circunstâncias, para isso também é feito um trabalho com esses alunos de comprometimento com seu aprendizado com as máquinas com o espaço de estudo.
Que esse curso, dará ao aprendiz mais autonomia e criatividade e não mais ser um receptor de conteúdos como no ensino tradicional. E é no emprego dessa filosofia, que os professores e alunos que através de projetos e sabendo explorar todas as suas potencialidades educacionais, associando-a aos saberes dos educadores, que estaremos de fato incluindo a informática na educação de forma realmente educativa, onde haja a participação direta com a máquina de maneira responsável.
Percebe-se a grande diferença desses alunos que retornam à escola para frequentar de forma legal com permissão de seus responsáveis a mudança de hábitos tanto no meio escolar como em sua própria residência ao uso do seu computador doméstico, segundo depoimentos dos próprios pais.
Não se pode negar que a informática sabe e faz o trabalho de armazenar informações melhor do que o ser humano, aliás, esta é uma das suas melhores e maiores função, porém, é importante ressaltar que, isso não o torna mais complexo que o homem. E é nesse olhar que os laboratórios de informática da Escola Estadual Professor Antônio Marques, trabalham com seus alunos sem jamais permitir que a máquina venha sobrepor aos princípios educacionais.

A complexidade do homem requer interpretação, construção, reconstrução, criatividade; ele é capaz de entender/produzir signos e significados de informações mais complexas que qualquer máquina.

2 responses to “e-Proinfo Projeto Tecnológico

  1. O curso FIT ajuda os alunos que estudam com a professora Maria da Conceição Felizardo , o objetivo deste estudo é melhorar suas habilidades na informática usando a educação.

    Contribuição dos Alunos: Danilo Landa , Isaac Ferreira

    Turma: 2° “F”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s