Canção de uma língua


Minha terra tem uma língua
Que tão rica igual não há
A cultura que a compõe
Não se encontra em outro lugar.


Nosso universo de palavras
É vasto e de valor
Com ele se traduz o amor
Mas também se escreve a dor.

Em cismar sozinha à noite
com palavras fico a brincar
E com elas reunidas
Algumas rimas posso arriscar.

Minha terra tem uma língua
Que eu devo valorizar
Não permita Deus que eu deixe
De usá-la sem parar.

Paródia com a “Canção do Exílio” – Gonçalves Dias
Aluna: Karen Tamires Silva.
Série: 2º “B

Professora: Vanilde

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s